8 maneiras de descrever seus produtos

8 maneiras de descrever seus produtos

É um erro fácil. Mesmo os redatores profissionais fazem isso às vezes: escrevem descrições de produtos que simplesmente descrevem seus produtos.

Por que está errado? Porque as descrições dos produtos precisam vender seus produtos.

Listamos oito maneiras simples de encantar os visitantes do seu site com descrições de produtos que vendem.

1. Concentre-se no seu comprador ideal

Quando você escreve uma descrição do produto pensando nos seus compradores como uma enorme multidão, você acaba não respondendo as dúvidas de ninguém.

As melhores descrições de produtos abordam seu comprador ideal pessoalmente. Você pergunta e responde perguntas como se estivesse conversando diretamente com ele. Você escolhe as palavras que seu comprador ideal usa. Você usa a palavra você.

Quando se trata de escrever suas próprias descrições de produtos, comece imaginando seu comprador ideal. Que tipo de humor ele ou ela aprecia (se houver)? Que palavras ele usa? Que palavras ele odeia? Ele conhece as palavras que você pensou em usar? Que tipo de perguntas ele faz?

Considere como você falaria com seu comprador ideal se você estivesse vendendo seu produto na loja, face a face. Agora, incorpore essa linguagem em seu site para que você possa ter uma conversa on-line que responda suas possíveis dúvidas.

2. Fale sobre os benefícios 

Quando vendemos nossos próprios produtos, ficamos entusiasmados com recursos e especificações. Vivemos e respiramos nossa empresa, nosso site e nossos produtos.

O problema é que nossos potenciais compradores não estão tão interessados ​​em recursos e especificações – eles querem saber o que há de benéfico para eles. É por isso que você precisa  destacar os benefícios  de cada recurso.

É assim que a Method Home descreve um de seus géis para lavar as mão:

 

“As vezes, o aroma da lavagem sazonal das mãos é tudo o que precisamos para despertar nosso espírito de férias. Disponível em uma variedade de fragrâncias festivas, nossa lavagem de mão de gel naturalmente derivada deixará suas mãos macias, limpas e prontas para serem colocadas em um par de luvas  justas. É realmente a melhor época do ano.”

Method Home sugere que o benefício do seu sabão não é apenas que suas mãos se tornam macias e limpas, mas que o sabão realmente desperta seu espírito de férias tornando as férias mais festivas e, portanto, mais agradáveis.

Considere o benefício de cada um dos seus recursos. Como seu produto faz seus clientes se sentir mais felizes, mais saudáveis ​​ou mais produtivos? Quais problemas, falhas e problemas, o seu produto ajuda a resolver?

Não venda apenas um produto, venda uma experiência.

3. Evite vangloriar seus produtos

Quando estamos presos por palavras e não sabemos o que mais adicionar à descrição do nosso produto, muitas vezes adicionamos algo como “excelente qualidade de produto”.

 Assim que um comprador potencial lê “excelente qualidade de produto”, ele pensa, “Sim, sim, é claro; Isso é o que todos dizem.” Já ouviu alguém descrever a qualidade do produto como média, não tão boa, ou mesmo ruim?

Você se torna menos persuasivo quando seu potencial comprador lê sua descrição do produto e concorda para si mesmo. Para evitar que essa reação, a Zappos , por exemplo, não descreve a qualidade de um par de sapatos como excelente. Em vez disso, eles descrevem cada detalhe técnico mais seu benefício.

– O Angelfish é a combinação do estilo clássico do sapato em um design feminino.
– Construção genuína costurada à mão para um conforto durável.
– Tira superior de couro resistente à água para um desgaste durável e duradouro.
– Sistema de laço 360º com arestas à prova de ferrugem para um ajuste seguro.
– Midsole de almofada de EVA moldada para conforto durante todo o dia.
– Suavidade de borracha sem marcação com Wave-Siping.

Nenhum dos pontos acima menciona a qualidade do produto diretamente, mas cada ponto dá uma impressão de qualidade. Cada ponto também segue um padrão fácil de destacar um recurso mais um benefício:

Os detalhes do produto aumentam a credibilidade e vendem seu produto.

4. Justifique o uso de superlativos

Os superlativos podem ser excluídos, a menos que você demonstre claramente por que seu produto é o melhor, o mais fácil ou o mais avançado.

A Amazon explica por que o Kindle Paperwhite é o leitor eletrônico mais avançado do mundo.

A palavra patenteada dá ao leitor a impressão de que isso é algo especial. A Amazon continua citando várias porcentagens para mostrar por que o Paperwhite tem melhor contraste e resolução brilhante; e proporciona um benefício matador: mesmo com luzes brilhantes, o Paperwhite entrega texto claro e nítido e imagens sem brilho .

Se o seu produto é realmente o melhor, forneça uma prova específica. Caso contrário, cite um cliente que diz que seu produto é o mais maravilhoso que já utilizou.

5. Desperte a imaginação dos seus leitores

Uma pesquisa científica provou que, se as pessoas detêm um produto em suas mãos, seu desejo de possuí-lo aumenta.

Você está vendendo online, seus visitantes na web não podem ter seus produtos em mãos. Imagens grandes e nítidas podem ajudar, mas também há um truque de redação para aumentar o desejo: deixe o seu leitor imaginar o que seria possuir o seu produto.

Veja como o Think Geek desperta sua imaginação com uma descrição de sua ferramenta multi-grelhar .

“Há uma pessoa que é o herói de cada churrasco. Nós sempre olhamos para a nossa mãe ou papai, enquanto cuidavam da grelha e aguardavam o dia em que pudéssemos nos encarregar de engordar a carne. Agora que somos adultos, é finalmente nossa vez e a tecnologia sorriu sobre nós, dando-nos uma ferramenta que está destinada a impressionar.”

Para praticar esta técnica de copywriting, comece uma frase com a palavra “imagine” e termine sua frase (ou parágrafo), explicando como seu leitor se sentirá ao possuir e usar seu produto.

6. Evite barreiras através de mini-histórias

Incluir mini-histórias em suas descrições de produtos reduz barreiras racionais contra técnicas de persuasão. Em outras palavras, nós nos esquecemos de que estamos vendendo.

Os vendedores de vinhos, como a Laithwaites, com base no Reino Unido,   geralmente incluem histórias curtas sobre fabricantes de vinhos.

A família Dauré possui uma das principais propriedades do Roussillon, o Château de Jau. Em torno da mesa de jantar, em um Natal, eles concordaram que era hora de espalhar suas asas e olhar para os novos horizontes do vinho. As mulheres (Las Niñas) imaginaram o Chile e ganharam no final, alcançando seus sonhos quando estabeleceram uma propriedade no Vale Apalta de Colchagua. O terroir é excelente e próximo dos vizinhos da adega montanhosa chilena Montes.”

Quando se trata de contar uma história sobre seus produtos, pergunte a si mesmo:

  • Quem está fazendo o produto?
  • O que inspirou a criação do produto?
  • Que obstáculos você precisou superar para desenvolver o produto?
  • Como o produto foi testado?

7. Seduza com palavras sensoriais

Os restaurantes sabem disso há muito tempo: as palavras sensoriais aumentam as vendas, porque envolvem mais poder de processamento cerebral. Aqui está um exemplo de fabricante de chocolate Green and Blacks.

Os adjetivos sensoriais de Green and Blacks não se referem apenas ao gosto, mas também ao som e ao toque: crocante e suave.

Os adjetivos são palavras complicadas. Muitas vezes eles não adicionam significado às suas frases, e é melhor excluí-las. No entanto, os adjetivos sensoriais são palavras de poder porque fazem seu leitor experimentar seu produto durante a leitura.

Pense em palavras como: suave, nítido e brilhante.

9. Faça sua descrição scannable

O seu design web incentiva os visitantes da web a ler suas descrições de produtos?

Scannable é um aplicativo gratuito para iOS que faz com o que seu iPhone transforme-se em um scanner.

A embalagem de suas descrições de produtos com um design claro e  a possibilidade de escanear com o scannable torna mais fáceis de ler e mais atraentes para potenciais clientes.  

Agumas áreas para se concentrar ao projetar o seu:

  • Incorpore seu visitante da Web com manchetes;
  • Use pontos de bala fáceis de escanear;
  • Inclua muito espaço em branco;
  • Aumente o tamanho da fonte para promover a legibilidade;

Como escrever descrições de produtos convincentes

Compartilhe seu conhecimento sobre seu produto. Conte histórias e explique até os mínimos detalhes. Faça um esforço para não ser chato e, em vez disso, encante seus visitantes da web com descrições encantadoras. Sobretudo, escreva com entusiasmo porque a sua paixão por seus produtos pode ser contagiosa.

Textro traduzido e adaptado do blog Shopify.
8 maneiras de descrever seus produtos
5 (100%) 3 votes

Achou isso interessante? Compartilhe

Manuela Domingos
Por Manuela Domingos

Estudante de comunicação social e uma das responsáveis pela estratégia e produção de conteúdo no segmento de marketing na Híbrido.

COMENTÁRIOS

CONECTE-SE

Vamos conversar SOBRE O SEU NEGÓCIO?

Rua João Bauer, 245 - Centro, Brusque - SC

Quer ficar antenado no mundo do ecommerce?

Faça parte da nossa base de conhecimento.